Pós-cirúrgico dos pets - dicas para cuidados ainda melhores - Lassie

Pós-cirúrgico dos pets – dicas para cuidados ainda melhores

Muitos do nossos pets acabam tendo que operar por diversos motivos durante a vida, mas vocês sabem ter os cuidados certos no pós-cirúrgico?

A maioria, graças ao bom senso comum das pessoas (!!), opera quando são castrados, já outros operam por motivos mais graves como retirada de tumores ou cistos em pets, motivos ortopédicos, etc.

Não importa o porquê, o que têm que ter mesmo é um bom pós-cirúrgico para seu pet se curar rapidamente.

Dicas para melhorar o pós-cirúrgico do seu pet

Antes de levá-los para a cirurgia, lembre-se de preparar a casa para a chegada deles.

Nosso maior conselho é um local ideal para deitar e uma boa dica é a Cama Suspensa Brandina pois é macia, confortável, deixa respirar a pele.

O cão ou gato ficam suspensos do chão, evitando o contato com o solo duro e as vezes muito gelado.

É bem higiênica no momento da limpeza podendo lavá-la ou somente trocar a Capa Protetora, facilitando no dia a dia do pós cirúrgico.

 

Cama para Pets, Cães, gatos higiênicas e confortáveis

 

Pós-cirúrgico do seu pet - cama suspensa Brandina
Pós cirúrgico do seu pet – Lunna Bandeira na cama suspensa Brandina

 

Roupa pós-cirúrgica ou Colar Elizabetano?

Cabe ao dono decidir mas nós aqui da Matilha da Lassie sempre preferimos nos caso das castrações a roupinha pós-cirúrgico, mas se a cirurgia for em uma das patas, por exemplo, o pet deverá utilizar o Colar Elizabetano.

Ficam com cara de triste, derrotados e desanimados, mas nada de ter dó, pois é sempre melhor que ele se cure bem e rapidamente.

 

Pós-cirúrgico do seu pet - roupa para fêmeas
Pós-cirúrgico do seu pet – roupa para fêmeas

 

Pós-cirúrgico do seu pet - roupa para machos
Pós-cirúrgico do seu pet – roupa para machos

 

 

Converse com o veterinário e compre os remédios para um bom pós-cirúrgico

É tranquilizante saber que você já tem todos os remédios “na mão”. Geralmente eles irão tomar antibiótico e antinflamatório, além dos analgésicos para aliviar os desconfortos.

Quando pets tomam remédios geralmente ficam enjoados. Tente sempre dar os remédios depois das refeições, assim estarão de estômago cheio e ajudará a não enjoar.

Repouso no pós-cirúrgico

Seu pet deverá ficar de repouso mesmo que pareça super disposto a dar uma voltinha no quarteirão.

Mais uma vez, nós aqui da Matilha da Lassie deixamos nossos pets 10 dias repousando em local fechado (num quarto, por exemplo), não dando a liberdade de pular, correr e saltar.

Parece maldade mas leia abaixo o que aconteceu…

Quando castramos a Amelie a veterinária deu somente 5 dias de repouso, e após este período liberamos ela para a “vida loka” de sempre.

Bom, ela quase morreu pois se esgotou de tanto brincar e não podia. Não cometam nosso mesmo erro: melhor alguns dias a mais descansando.

#DicaEspecialDaLassie

Dica #1 – Está difícil dar comprimidos para seu Pet no pós-cirúrgico? AHÁ! Aqui na Matilha desenvolvemos um método pra lá de eficiente:

Pegue uma colherinha de requeijão e coloque na palma da sua mão. Coloque o comprimido lá. Dê para seu pet lamber e se deliciar!! 🙂

Ps.: AIH de você se vier me falar que cachorro e gato não pode comer requeijão, hein?! Dar remédios é importante e eles não vão morrer por comer 10 dias de requeijão.

Dica #2 – Cuidado redobrado com moscas pois elas colocam ovos e isso significa bicheira.

Dica #3 – Não deixe de voltar no veterinário para o retorno do pós-cirúrgico. As vezes o pet já parece bem e relutamos a ir lá conferir, mas vale o esforço. Médicos são médicos e são eles que sabem como conduzir e avaliar a situação.

Nota IMPORTANTE sobre a castração

Nunca sintam dó dos pets que vão castrar. Isso é um ato de AMOR VERDADEIRO!

A população de cães e gatos abandonados todos os anos é sempre um alarme para nós, como se fosse um lembrete para castrar os machos e fêmeas para que não procriem de forma incontrolável.

Cada cachorra, por exeplo, por ficar até 12 anos no cio. Cada ano ela tem 2 cios, sendo que se for de porte grande, chega tranquilamente a ter 8/10 filhotes. Isso dá uma média de 18 filhotes por ano… Uma loucura! Agora loucura maior ainda é pensar que uma parte desses filhotes também são fêmas e que terão a mesma quantidade de filhotes e etc etc etc.

Sacaram a importância da castração? Além disso, a castração das fêmas previne o câncer de mama e de útero, e a castração dos machos ajuda a serem menos agressivos (em certos casos), além de diminuir a marcação de território, isso se traduz assim: menos xixis pelas paredes, pneus, móveis, sofás e etc.

Na cidade de São Paulo, por exemplo, cada número de rg tem direito a castrar de graça 10 animais. Isso é fenomenal. Para saber mais clique aqui.

Essas foram as dicas para seus pets no pós-cirúrgico, todas elas baseadas na nossa experiência aqui com a Matilha da Lassie.

Espero que tenham gostado e que possam colocar em prática nossas dicas.

Cama para Pets, Cães, gatos higiênicas e confortáveis

2 comments on “Pós-cirúrgico dos pets – dicas para cuidados ainda melhores

Reply

Utilizo papinha Pedigree para dar os comprimidos. Um sache custa em média R$ 2,00 e você só precisa de uma colherinha para dar o comprimido. Evita que eles comam alimentos contraindicados e eles adoram!

    Lassie Post author
    Reply

    Oi Rafael, que boa idéia!!! Assim que algum deles precisar novamente tomar comprimidos, darei com a papinha da Pedigree que vc indicou, obrigada! 🙂 Se tiver outras dicas, por favor escreva!! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *