Cachorro soltando pelo, o que fazer? - Camas para Cachorros e Gatos Lassie
WhatsApp Image 2018-11-16 at 10.15.27 (1)

Cachorro soltando pelo, o que fazer?

Cachorro soltando pelo, o que fazer?
Avalie este post

A pelagem é muito importante para os cachorros, pois é responsável por manter a temperatura corporal ideal dos animaizinhos. Muito pelo pode deixa-los com calor, tosas muito baixas podem deixar com frio.

Há fases em que os cães estão soltando pelos em maior quantidade, geralmente em épocas de mudanças climáticas. É normal e faz parte da vida canina.

Acontece com diversos animais na natureza: por exemplo a raposa do ártico que no inverno tem pelagem branca comprida e no verão tem pelagem castanho-parda bem mais curta.

Os cachorros costumam ter pelos mais curtos e leves no verão e pelagem mais espessa no inverno.

Quedas assimétricas, ou seja, em um ponto específico do corpo do seu cãozinho, podem ser causadas por parasitas. As quedas simétricas, que acontecem de forma igual em todo corpo, podem ser resultado de problemas hormonais e estresse.

É preciso ficar atento se a queda de pelos é excessiva ou não ocorre de forma uniforme. Ou se há inchaço, mudança comportamental, coceiras, vermelhidão ou falhas no pelo.

As possíveis causas da queda de pelos em cães

Alergias: é uma das causas mais comuns e que causam sofrimento ao bichinho. A queda de pelo é um dos principais sintomas de alergias, que podem ser ácaros, mofo, pulgas, carrapatos, pólen, produtos químicos ou alimentos.

Uma opção é trocar a marca de ração que ele está consumindo por outra adequada ao porte, peso e idade do seu pet. Os cães com mais chance de ter alergias são Golden Retriever, Bulldogs e Yorkshire Terriers.

Alopecia lateral: causada pela lambida compulsiva do cachorro em alguma parte do corpo. As lambidas podem acontecer por solidão, tédio, ansiedade ou estresse.

Infecções parasitas: embora seja difícil de evitar infecções por parasitas, este é um problema mais simples de resolver.

Além de usar as medicações preventivas e curativas sempre indicadas por médicos veterinários, o uso de caminhas suspensas para cachorro é ideal para evitar o contato do cãozinho com o chão, onde normalmente os parasitas depositam ovos.

Doenças: Câncer, diabetes e sarna são causas de quedas de pelos.

Genética: há diversas raças com predisposição a perder mais pelos que outros cães. Raças com mais chance de sofrer de alopecia canina são: Pastor Alemão, Dobermann, Golden Retriever, Collie, Pug, Labrador, Husky Siberiano, Pequinês, Chow Chow, Rottweiler, Dalmata, Chihuahua, Beagle.

As raças que menos perdem pelos são Boston Terrier, Bichon Frise, Maltes ou Bolonhês, Galgos, Caniche, Poodle, Yorkshire, Dachshund, ShihTzu, Basenji, entre outros.

Alteração hormonal: as fêmeas têm mais chance de ter perda de pelos intensificadas por alterações hormonais, principalmente depois do cio ou do parto.

Outra causa pode ser doenças da tireoide, deficiência de glândula adrenal e nanismo pituitário.

Estresse agudo: viagens, mudanças ou perda do dono podem causar muito estresse no animalzinho e levar a perda de pelos.

O que fazer para reduzir a queda de pelos?

Escovação diária: escovar os pelos de seu pet regularmente lhe possibilita descartar os pelos que ele está soltando. Escove sempre na direção do pelo e cuide para evitar puxar os nós.

Tenha cuidado para que este seja um momento de carinho e atenção com seu cãozinho.

Higiene: banhos a cada 15 dias e cuidado para secar bem a pelagem para evitar umidade e proliferação de fungos.

Caso seu pet esteja com algum problema de pele, o médico veterinário poderá indicar um shampoo especial ou solução para tratar do problema.

Alimentação: alimentação balanceada com todos os nutrientes necessários é uma excelente forma de manter a pelagem do seu cão em dia.

Higienização do ambiente: é importante manter o local onde seu cão limpo e desinfetado. Além do chão, é importante limpar os paninhos, caminhas e roupinhas.

Mais uma vez, a cama suspensa para cachorros é ideal para mantê-lo longe do chão.

Passeios ao sol: pets que moram em apartamentos ou passam os dias em casa, podem sofrer queda de pelos. Para resolver isso, pode deixar um cantinho onde ele possa pegar um pouco de sol, ou então passeie com ele em horários onde o sol está mais ameno.

Tosa: para aquelas raças que perdem muito pelo, a tosa periódica é uma forma de manter o pelo baixo e evitar que sua casa fiquei cheia de pelos.

Como manter a casa e seu carro livre de pelos

Além das dicas anteriores para reduzir a queda de pelos do seu cachorro, vale a pena ver como manter sua casa livre de pelos.

Quando varremos acabamos dispersando poeiras e pelos pela casa. O uso de aspirador de pó reduz a chance de isso acontecer. evite uso de panos, pois estes só espalham os pelos pela casa.

Use luvas de borracha para limpar os moveis. Os pelos aderem nessa luva e pode descarta-los diretamente no lixo.

Para tirar pelos de roupas, você pode usar fitas adesivas largas, aquelas usadas para fechar caixas de papelão. Basta grudá-las na roupa repetidas vezes até retirar todos os pelos.

Use capas protetoras para bancos de carro. Com ajuste universal que se encaixa em diversos modelos de carros (com encontro de cabeça), é um dispositivo de fácil montagem e além de proteger os bancos do seu carro, ainda impedem que seu pet passe para o banco da frente, evitando acidentes ou multas. Tem diversas opções de cores.

A queda de pelos é normal nos cachorros. Uns perdem mais pelos, outros menos. Mas todos perdem.

Observar o que acontece com seu cãozinho é importante e levá-lo ao medico veterinário regularmente é igualmente importante para manter a saúde do seu melhor amigo em dia. E a sua casa em ordem.

Aproveite o momento da escovação diária para examina-lo e curtir seu pet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ebook GRÁTIS

Faça o download do Livro “Do Pátio ao Sofá de Casa” e aprenda com este livro de fácil leitura e bem interativo a como conviver melhor com o seu cão dentro de casa.