Cães de Resgate - Camas para Cachorros e Gatos Lassie %
Card Blog Cães de resgate

Cães de Resgate

Avalie este post

Em janeiro de 2019, na cidade de Brumadinho, grande BH/MG ocorreu o rompimento de uma barragem, causando inúmeras mortes e muita destruição. A lama arrasou a cidade e soterrou diversas pessoas que estavam no caminho.

Logo iniciaram os trabalhos de resgate, mas o homem, por mais que a tecnologia avance, ainda tem limitações, por isso foram usados diversos cães de resgate para encontrar as centenas de pessoas desaparecidas. Até o momento, foram convocados mais de 20 cães de resgate, vindos de diversos estados do Brasil.

Vamos saber mais sobre estes heróis caninos que estão espalhados pelo mundo, trabalhando arduamente para encontrar pessoas desaparecidas nas mais diversas situações.

Quando começamos a treinar cães para encontrar pessoas em perigo?

Ainda no século XVIII os primeiros cães de resgate foram treinados nos Alpes Suíços, com a finalidade de auxiliar a encontrar pessoas soterradas por avalanches. Encontrar, proteger e buscar auxílio junto aos monges, caso o acidentado não pudesse se locomover.

O olfato do cachorro varia entre 10 e 100 mil vezes mais apurado do que o do humano.

As equipes de resgate canina era composta por 4 cães da raça São Bernardo: enquanto dois deitavam-se ao lado da vitima para mantê-la aquecida, outro ficava lambendo seu rosto, caso ela estivesse inconsciente. O quarto cão voltava para buscar ajuda.

Conhecidos como “Anjos dos Alpes”, salvaram muitas pessoas ao longo dos anos, inclusive há relatos que Barry, tenha salvado mais de quarenta pessoas ao longo de sua vida.

Quais raças são melhores para este tipo de trabalho?

Labrador retriever, Cão d’água espanhol, Border collie, Pastor alemão, Pastor-belga tervuren, pastor-belga malinois, Golden retriever.

Quando o cão de resgate começa a receber treinamento?

Logo após o desmame o treinador já começa a verificar se o cãozinho tem as diversas habilidades necessárias para se tornar um cão de resgate.

O que os cães precisam aprender a fazer?

Através do olfato, audição, intuição e obstinação superdesenvolvidas, o cão de resgate precisa encontrar pessoas, vivas ou mortas. O trabalho dele é encontrar e mostrar ao tutor, onde ela está.

Como os cães fazem isso?

  • Sentando no local indicado
  • Dando voltas em cima do local
  • Latindo para chamar a atenção

Treinamento do Cão de Resgate

Imagem: Facebook da IRODOGS

Quais características importantes para ser um cão de resgate?

Iniciativa, Autoestima, Energia, Sensibilidade, Solidez, Adaptabilidade, Persistência, Intensidade, Atenção.

Todas estas características juntas são as habilidades necessárias para que o cão seja escolhido para atuar no resgate.

Ele precisa ter muito foco e atenção na tarefa, precisa se auto gerenciar, porque nem sempre o tutor poderá acompanha-lo, eles têm orgulho do trabalho que fazem (por incrível que pareça é verdade).

Um animal destes também precisa ter muita energia, pois é necessário resistir às adversidades que encontram em cada caso.

A persistência é necessária pois o cão precisa se acostumar com os cenários estressantes que enfrentará.

Qual o papel do tutor?

No caso de Brumadinho, os cães de regate fazem parte da corporação do Corpo de Bombeiros e são escalados apenas para casos de tragédias com vítimas.

Cada cão de resgate tem um tutor, pertencente ao Corpo de Bombeiros e que acompanha o cão durante o seu turno de trabalho. Este tutor tem todo treinamento e certificação necessária para preparar o cão.

É importante que somente na companhia do tutor o cão vá a campo, pois a sintonia entre eles é o fator de sucesso.

O cachorro pode trabalhar 24 horas ajudando no resgate?

Não, assim como os humanos, o cão que faz resgate precisa descansar e recarregar as energias. Normalmente outra equipe com cães assumem o turno enquanto a outra descansa.

Quando o tutor está de folga, o cão também está. Os colegas humanos devem apenas lhe suprir alimentação e atenção.

Em 2016, um terremoto vitimou mais de 650 pessoas no Equador. O Labrador chamado Dayko, de 4 anos de idade, salvou sete pessoas dos escombros, mas não resistiu ao cansaço e desidratação. Dayko teve um ataque cardíaco e morreu.

Cão de Resgate Labrador - Dayko

Imagem: Facebook de David Valdivieso Valdivieso

Tempo de atuação

O cachorro trabalha por oito anos como cão de resgate, depois ele se aposenta. Assim como os cães-guia, depois de aposentados, podem ser adotados por seus tutores ou por amigos e familiares destes.

Os cães aposentados recebem um auxilio mensal para suprir suas necessidades alimentares e continuam tendo acesso a tratamento de saúde através dos serviços veterinários do Canil da Policia.

Os cães serão substituídos pela tecnologia?

Aparentemente não, pelo menos não tão cedo. Já foi comprovado que os cachorros podem inspecionar 100 metros quadrados em cinco minutos. Um humano, aparelhado com a tecnologia disponível atualmente, levaria 45 minutos para verificar a mesma área.

Outro exemplo da capacidade canina: Os aparelhos hoje detectam vitimas até no máximo 5 metros de profundidade, enquanto os dogs encontram vitimas soterradas a dez metros de profundidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Alerta de Estoque

Devido a grande procura pelas camas Lassie, estamos no momento em falta de estoque, porem com a fabrica em produção.

Os envio das camas compradas entre 10/06 e 30/06 só serão enviados partir o dia 01/07.

Caso você queira efetuar a compra quando as camas estiverem disponíveis, informe seu e-mail abaixo que enviaremos um aviso a você (e também um cupom de desconto de agradecimento a sua paciência